segunda-feira, 8 de setembro de 2008

O GUARDANAPO

O primeiro objecto que proponho vem direitinho da Ala Smart Top do Museu Porsche Fans. Este pequeno objecto a que lhe coube a honra de “abrir as hostilidades” merece, excepcionalmente, umas pequeninas observações. Trata-se de uma reprodução oficial (Made by Porsche, AG) do guardanapo onde Ferry Porsche desenhou, pela primeira vez, o escudo da Porsche que iria celebrizar a marca.

Reza esta “lenda”, ou “mito urbano” que num almoço entre Ferry Porsche e Max Hoffman aquando da viagem daquele aos Estados Unidos, Hoffman desafiou Ferry para criar um emblema já que seria muito mais conveniente em termos de marketing de vendas (embora na altura não se utilizassem estes termos) principalmente na América, onde se ligava muito a este tipo de referências. Ferry Porsche, olhou de esguelha para Hoffman e ter-lhe-à dito: “Ai queres um símbolo? Eu dou-te o símbolo”. E ditas estas palavras, pegou numa caneta e começou a desenhar no guardanapo de papel. O esquiço que fez é o que vem representado neste fabuloso objecto de memorabilia. Esta tese oficial é muito interessante e representa, na minha opinião, uma excelente jogada de Marketing. Por um lado imortaliza Ferry Porsche como o criador do símbolo da Porsche. Por outro, eleva o acontecimento a um rasgo de inspiração divina sobre um génio na terra.

Existem 2 coisas que registo com regozijo:

1) Max Hoffman, um milionário playboy da Alta sociedade Nova Yorkina leva Ferry Porsche a almoçar num Restaurante que usa guardanapos de papel.

2) Na primeira tentativa, entre uma peça de fruta e o café, é conseguido o resultado final do escudo, tal qual permanece até hoje.

Não vejo a hora de ver exposto no novo Museu da Porsche este célebre original do guardanapo... Nota: No excelente livrinho de bolso que Dieter Landenberger (Director do Arquivo da Porsche) é-nos revelado o primeiro estudo do escudo da Porsche, datado de 1952, e elaborado pelo Gabinete de Design de Zuffenhausen. Onde é que eu já vi isto?

Foto1:

Example

Foto 2:

Example 

Foto 3:

Example

Foto 4:

Example

Foto 5:

Example

3 comentários:

MRS disse...

Caro Zico
Da próxima vez que nos encontrarmos levo 3 emblemas para lhe mostrar.Há diferenças muito grandes mesmo entre os chamados originais.
Acho este assunto delicioso e agora por cada carro que passo ando a ver que emblema tem.Podia-me dar para pior!
Um abraço.
MRS

Mário Barroso disse...

Como me sinto uma pessoa acarinhada ao ser objecto da minha ala a abrir este blog.
Com o diria o artista "sinto que a felecidade me invade"
Um abraço
Mário

dedes disse...

Porsche, Ferdinand. A design engineer who never created a car carrying his name. That was left to his son, Ferry, to accomplish.

Love the story.........fabulous subject of memorabilia.